in

Gustavo Dantas fala de parte mental e dá dica: “Não foque no resultado”

Gustavo e sua pressão nos tempos de competição. Foto: Divulgação

O faixa-preta Gustavo Dantas tem uma história de respeito no Jiu-Jitsu. Praticante desde os 14 anos de idade, Gustavo foi um competidor de elite e hoje é um renomado professor e mentor de grandes campeões, depois de testar, na prática, todas suas teorias nos tatames de competição ao redor do mundo.

Aos 45 anos, pela primeira vez, Gustavo decidiu compartilhar, em detalhes, o principal erro que atrapalhou sua carreira competitiva ao longo de sua jornada. Para ele, é preciso ter humildade para assumir a responsabilidade e aceitar que tem algum bloqueio mental que impeça o atleta de lutar do jeito que ele treina. Não é somente achar a raiz do problema, mas como superar esse bloqueio.

“Eu via que não estava conseguindo lutar como eu treinava, com muito receio de errar e arriscar posições. Até o momento que eu pensei: ‘Eu tenho que achar a raiz do problema!’ Corri atrás, comecei a estudar a respeito de treinamento mental e vi o quanto eu era o meu maior inimigo. Isso é uma coisa muito normal em todos os esportes. Se você sente que não consegue lutar no campeonato como você treina, a responsabilidade é 100% sua de achar a raiz do problema e trabalhar para superar essa dificuldade. Apesar de ter melhorado muito nos últimos anos, muita gente ainda subestima a importância do treinamento mental, pelo fato de ser tachado com “algum problema mental”… Para tratar a parte psicológica você tem que ter um melhor controle do seu ego, né?”, diz Gustavo, antes de deixar uma reflexão, a seguir.

“Eu, você e todos os seres humanos, todos os dias estão lutando batalhas internas que ninguém sabe a respeito, só você. Para você ser bem sucedido na sua batalha externa, dentro ou fora do tatame, você tem que aprender a controlar a sua mente ou ela irá te controlar. A batalha diária é contra o nosso ego, a voz negativa que está com você o dia inteiro.”

Gustavo Dantas é faixa-preta de Jiu-Jitsu e palestrante. Foto: Arquivo pessoal

Com estudos há mais de 10 anos sobre como funciona a mente de um atleta de alto rendimento, o criador do movimento Mente Blindada, Gustavo, destrincha a principal falha que grandes craques do esporte cometem antes mesmo de entrar para lutar e sem, ao menos, saber. Você sabia disso? Bom, leia aqui.

“O foco no resultado! Quando o medo de perder fala mais alto do que a vontade de ganhar, o atleta não consegue se soltar na luta e fica com medo de arriscar. Por conta disso, ele acaba não rendendo todo o seu potencial. O segredo é focar no processo, na preparação e na performance, porque o resultado é consequência do trabalho”, conta Gustavo.

Além do podcast Mente Blindada, em inglês e português, que somados já possuem mais de 100 episódios, e seu canal oficial no Youtube, Gustavo decidiu dar um passo maior em favor da comunidade do Jiu-Jitsu com a criação do seu primeiro curso online ‘TOP 30 Erros Mentais’, voltado para atletas e professores que estão comprometidos com o seu crescimento emocional.

“Bom, esse curso não é somente para os atletas que estão comprometidos com o seu crescimento emocional, mas, principalmente para os professores que trabalham com competidores também. Nem todos vão se identificar com os top 30 erros mentais que os atletas de Jiu-Jitsu cometem, mas com essas informações o professor ou o atleta que pensa em um dia ser professor, vai poder ver uma visão diferente de questões que ele ou ela nunca pensaram antes, além de poder ajudar no crescimento emocional próprio e dos outros”, revela Gustavo.

Antes de encerrar, Gustavo deixou uma pergunta para você questionar a si próprio e entender o pensamento negativo para não se “auto sabotar”.

“Bom, ‘você já parou pra pensar no que você pensa? Pare e pense nisso.’ Quando começamos a ficar mais conscientes do nosso diálogo interno negativo, podemos perceber como a nossa mente pode nos auto sabotar. Esse é o primeiro passo para se tornar uma pessoa mais emocionalmente madura, a autoconsciência. Fique ligado no que passa na sua cabeça, seguido do segundo pilar da inteligência emocional, o gerenciamento de emoções e o auto controle. Não é fácil, é um trabalho diário, mas com certeza você vai ver os frutos desse trabalho em todas as áreas da sua vida”, encerra.

The post Gustavo Dantas fala de parte mental e dá dica: “Não foque no resultado” first appeared on Graciemag.

This article first appeared at Graciemag

What do you think?

Diego Sanchez on upcoming retirement: ‘I need to recover and heal, fighting is a traumatizing lifestyle’

Conor McGregor opens as massive favorite in hypothetical Jake Paul boxing bout