in

O pescador que virou campeão de Jiu-Jitsu no Circuito Mineirinho

Marcelo Galo, de azul, em ação numa das etapas do Circuito Mineirinho. Foto: Flash Sport. 

Quem acompanha o Circuito Mineirinho da FJJD-Rio sabe que o veterano Marcelo Galo, cria da nossa GMI Infight Matriz, está entre os atletas que mais conquistaram passagens internacionais em toda a história do Circuito, graças às ótimas colocações no topo do ranking da Federação. Trata-se de uma enorme façanha, ainda mais quando descobrimos que a arte suave não é a principal atividade na vida do craque. Marcelo é pescador! Acorda todo dia às 4h da matina, pega sua pequena lancha ancorada no Largo da Barra, no Rio de Janeiro, e navega meia hora em mar aberto para então arremessar sua rede a 90m de profundidade.

Marcelo Galo durante o expediente como pescador, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. 

“Eu jogo a rede num dia, marco a posição com uma boia do tipo ‘bandeira de marcação’ e, com a ajuda de um GPS, volto no dia seguinte para conferir o resultado”. Quando a pescaria é farta, Marcelo vai ao quebra-mar, famoso pico da Barra da Tijuca, e vende corvinas, cações e anchovas numa peixaria local. É assim que ganha o pão de cada dia. “Dizem que é daí que desenvolvi uma pegada forte no Jiu-Jitsu, de tanto puxar a rede de pesca na munheca”, brinca o campeão. Oss!

 

 

 

 

This article first appeared at Graciemag

What do you think?

Holly Holm vs. Irene Aldana, Derek Brunson vs. Edmen Shahbazyan Booked for Aug. 1

As lições de respiração e valentia do pioneiro Carlos Gracie